Mês de prevenção ao suicídio teve atividades com alunos da Escola Estadual

Em virtude do mês de setembro ser dedicado à conscientização sobre o suicídio, como Setembro Amarelo, a professora Neidi, da Escola Estadual de Ensino Médio Dr. Bozano, abordou o tema com as turmas do Ensino Médio, na disciplina de Ensino Religioso, a partir da proposição da discussão, por meio das Secretarias de Saúde e Assistência Social da Administração Municipal de Bozano.

Segundo a professora, falar sobre o suicídio é de extrema importância para que se possa reduzir o número de pessoas vulneráveis. “O diálogo é um dos primeiros passos, pois permite que as pessoas se abram para falar do que estão sentindo e saibam que não estão sozinhas e que existem meios para tratar, em especial a depressão”, destaca.

Durante o mês de setembro foram abordados temas como: O que é ser protagonista? A ideia é entender as limitações que precisam ser superadas e as oportunidades de aprendizagem colaborativa.

Eu estudante, superando limites. Para desenvolver competências socioemocionais como autoconfiança, assertividade e determinação, a partir do olhar para si próprios, suas fragilidades e limitações e como agir para superá-los.

Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima. A resiliência é fundamental num momento de crise. É preciso compreender seu significado, sua importância e como praticá-la no cotidiano.

Durante o estudo dos temas, os estudantes  participaram de dinâmicas para reflexão e debate, com exposição de opinião, realizaram produção textual, pesquisa e partilharam o estudo em podcast e produção de cartazes para serem fixados na escola.

Share