Bozano cria Rede de Atendimento às Mulheres Vítimas de Violência Doméstica

postado em: Assistência Social 0

O prefeito Renato Casagrande regulamentou, por meio de Decreto Executivo a Rede de Enfrentamento à Violência Contra Mulheres no município de Bozano. Sem o prejuízo das ações no âmbito do Estado, da União e da Sociedade Civil, o Executivo Municipal desenvolverá políticas que visem a garantia dos direitos das mulheres no âmbito das relações domésticas e familiares no sentido de resguarda-las de toda a forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.

O município de Bozano manterá gestão colegiada da rede de atendimento à mulheres vítimas de violência, visando articular, planejar e mobilizar para o acompanhamento e avaliação das ações da rede intersetorial, colaborando para definir fluxos de atendimento, aprimorando assim, suas ações integradas. Estes fluxos serão pactuados no âmbito da rede de atendimento municipal com a participação de todos os integrantes da estrutura organizacional do Poder Executivo Municipal.

A formatação da Lei Municipal nº 1.263 de 26 de outubro que dispõe sobre a estrutura organizacional da administração direta do Poder Executivo de Bozano dispondo em seu artigo 47 sobre a criação da Subcoordenadoria de Políticas para as Mulheres e o decreto que regulamenta a rede de enfrentamento a violência contra mulheres em Bozano tiveram cópias enviadas para a promotora de justiça Diolinda Kurle Hanuch – da Promotoria de Justiça de Ijuí – informando ainda a designação dos integrantes e referencial de atendimento às mulheres vítimas de violência, conforme Decreto Executivo 971/2021.

A rede municipal de atendimento terá a secretária Michele Sandri de saúde, na supervisão do fluxo de atendimento e a articulação de ações concernentes à rede. Integram a Rede de Atendimento às Mulheres Vítima de Violência de Bozano, Claudia Caroline Wichinheski Zanetti, Mônica Ceccato Tonel, Noeli Amorin da Silva Casagrande, Olézia da Costa, e Simone Costa Beber.

 

Share