“Foram três meses de muito trabalho em Bozano”, diz prefeito.

CALÇAMENTO BR-2851

Ao completar os primeiros três meses do mandato, o prefeito Renato Casagrande fez uma avaliação de sua gestão, a partir das ações realizadas nas diversas áreas da municipalidade. A saúde, sem dúvidas, segundo ele, foi o setor que demandou maior atenção e recursos para o atendimento aos anseios e demandas da população em função da pandemia. Mas a administração também realizou outras várias ações, desde a adequação dos espaços da educação, no aguardo da retomada presencial das aulas, até as atividades infraestruturais na cidade e no interior e retomada de obras que estavam paradas, caso da obra da Agroíndustria de Produtos Coloniais de Bozano.

No interior, foram realizados 710 quilômetros com reperfilamento, encascalhamento, e manutenção de estradas rurais gerais e secundárias. “O município dispõe de 630 quilômetros de estradas, mas houve locais que em função das chuvas, tivemos que refazer para deixar em condições de escoamento da safra que está em curso”, lembrou o prefeito Casagrande.

ESTRADAS RINCÃO DA LAGE

O gestor lembra que até aqui foram colocadas cerca de 300 cargas de cascalho nas estradas rurais o que resultou numa pavimentação superior a 20 quilômetros e ainda há pelo menos 200 cargas de reserva para o atendimento a necessidades que vierem. “As máquinas estão á disposição, mas agora em função da safra estamos evitando o trafego nas estradas para não atrapalhar os produtores rurais. Se houver necessidade de alguma manutenção, vamos fazer”, disse o secretário de obras Adilson Sandri.

Em relação ás passagens existentes no município de Bozano, houve a reforma de pelo menos quatro pontes neste período e há a projeção para assim que a safra for concluída revitalizar mais duas pontes no Saltinho e no Travessão entre Bozano e Saltinho na chamada ponte dos Vieira. Há também o planejamento para fazer substituição da estrutura de madeira por tubo de 1.5 metros em mais duas pontes na localidade de Boa Esperança na linha 42 e outra na linha 10. Também após a safra, disse o prefeito, deverá ser iniciado o calçamento de acesso ao município de Bozano para quem vem da linha 14 e chega a BR-285.

PONTE ARROIO NOQUE6

No que diz respeito á agricultura, o gestor lembrou de investimentos para atender a necessidade dos produtores rurais, especialmente no que diz respeito a alimentação do gado de corte e de leite. “Investimos em horas máquina e contratamos uma draga para o desassoreamento de açudes e outros serviços da porteira para dentro”, destacou.

O Coordenador de Agricultura Luiz Kinalski lembrou ainda das ações de incentivo a produção leiteira com a preparação do Fenno para alimentação do gado beneficiando 30 produtores de um total de 65 que atuam na pecuária leiteira do município.

Houve ainda a espalhação de calcário nas lavouras de produtores que se enquadram nas exigências da legislação municipal para a realização do serviço com máquinas da prefeitura. Na cidade, obras da agroindústria familiar de Bozano e do Centro de Cultura foram retomadas.

O prefeito destacou ainda, sua intenção de buscar junto ao Estado, através da Secretaria Estadual da Agricultura, recursos para aquisição de uma escavadeira hidráulica para “continuar atendendo ás demandas oriundas do setor primário em nosso município”.

 Edição: Antonio Brito

Assessoria de Comunicação

Share